The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por The Reality em Seg Dez 01, 2014 4:23 pm

PRIMEIRO DE DEZEMBRO DE 2232
FLORESTA, EUA

PARTE I – A CHEGADA

Era um dia normal, como qualquer outro ali. Alguns membros da Patrulha faziam sua ronda normal, pessoas do clã da floresta conversavam. Nenhum evento grandioso havia se sucedido, e mesmo os desaparecimentos de grounders por conta dos homens da montanha haviam cessados por um período. A calmaria antes da tempestade, foi o que Zylla pensou, a líder do Clã.

Então, no céu algo surgiu. Uma forma escura que atravessava as nuvens rápida como uma estrela cadente. Cada vez mais que a “estrela caído do céu” se aproximava, mais hostil ela parecia. Um silêncio repentino percorreu toda a floresta enquanto as pessoas, e mesmo alguns animais, observavam tal coisa que mudaria completamente suas vidas.

Um som alto do baque do objeto no solo repercutiu, fazendo aves voarem para longe e animais se esconderem assustados. Na vila do Clã, Zylla olhava a direção que a estrela havia caído, seguindo seu rastro de fumaça escura.

— Verskerp wag by die grens. Drie verkenners en Algemene, ondersoek hulle wat est daun. Stel ai in kennis dan. — (Intensifique a guarda na fronteira. Três olheiros e General, averiguem o que é aquilo. Informem-me em seguida.)

Do outro lado da fronteira do rio, alguns membros dos esquadrões comunicavam-se por um comunicador com a Central. Uma confusão de vozes fazia os objetos chiarem mais que o normal, pelo menos até a voz da Presidente surgir.

— UM DE CADA VEZ! — Ela gritou num minuto em que sua paciência esgotara-se. Um membro da patrulha relatou o ocorrido. — Cinco de vocês, vão checar o que é o objeto que caiu. Provavelmente deve ter sido um satélite. Não façam nada, e permaneçam longe da vista de Grounders, informem-me depois.

ADENDOS E DIRETRIZES:


  • Haverá uma segunda parte, e dependendo dos acontecimentos pode vir a ter uma terceira.
  • A unidade Norte ainda não existe, já que ela foi criada com o intuito de vigiar os 100 e proteger ainda mais o caminho para a vila do Clã.
  • O prazo de postagem é até o dia 8 de dezembro, porém a segunda parte da RP poderá ser postada antes, o que não significa que quem não postou na primeira não o possa fazer. Neste caso, o post da pessoa deverá incluir os acontecimentos da primeira e da segunda parte.
  • Este evento ocorreu há cerca de duas semanas do tempo atual.


Merely the sound of your voice made me believe that, that you were her just like the river disturbs my inner peace. Once I believed I could find just a trace of her beloved soul, once I believed she was all then she smothered my beliefs.



the staff
the staff
avatar
The Reality
Mensagens : 146
Data de inscrição : 28/12/2013

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo:
Habita:

Ver perfil do usuário http://the-100.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Knox Hewitt em Seg Dez 01, 2014 10:28 pm


SHOOTING STARS
be quick, make a wish
N
um dia comum, Knox não estaria patrulhando Mount Weather com seus parceiros. Ele estava ali pois um dos soldados ficara doente e fora mantido na ala médica para tratamento. Knox tinha uma boa ideia de qual era o preço para esse tratamento... e isso o enojava. Mas, no momento, ele ainda não podia deixar seu lugar na sociedade dos Mountain Men. Talvez mais duas ou três semanas e ele já pudesse ir para o Sul --

lugar ao qual ele realmente pertencia.

Então, por agora, ele segue o protocolo e atende as ordens de seus superiores. O dia é claro e límpido, ideal para ser aproveitado. Knox só queria poder tirar o traje anti-radiação, entrar em um rio, deitar na relva. Ele estava meio perdido imaginando isso quando viu uma enorme forma vindo em alta velocidade na direção da Terra.

Uma estrela cadente, foi a primeira coisa que pensou.

É óbvio que não era uma estrela, mas isso não importa.

O objeto vinha em alta velocidade, e o fogo era uma coroa o envolvendo. Em poucos segundos estaria caindo a alguns quilometrôs dali. Podia ser um satélite. Knox estava para se comunicar com os outros quando a estática do rádio ligou e ele escutou a voz de seus parceiros. Eles com certeza não ficaram tão estarrecidos quanto ele.

Objeto não-identificado vindo em alta velocidade na direção da Terra. Requisitando auxílio técnico.

A resposta veio rápida e foi feita numa voz apressada de um membro da TI:

Reconhecimento sendo processado. — Enquanto o setor de inteligência tentava desvendar o que era o objeto, os patrulheiros reunidos na floresta se comunicavam com a Central e uns com os outros. Era um caos de estática, até que...

UM DE CADA VEZ! — Era a voz da Presidente. Todos se calaram instantaneamente. — Um de vocês relate o ocorrido. — Todos olharam para Knox, o único líder presente.

Quando ele terminou de narrar, ela se fez ouvir novamente pelo rádio.

Sim, sim... o TI não consegue identificar o que é. Cinco de vocês, vão checar o que é o objeto que caiu. Provavelmente deve ter sido um satélite. Não façam nada, e permaneçam longe da vista de Grounders, informem-me depois.

A Presidente desligou. Knox escolheu quatro outros patrulheiros para irem consigo ao acaso e pediu que os restantes não comentassem o ocorrido com ninguém além da Central e o setor de TI.

▼ ▼ ▼

Após alguns minutos de caminhada pela floresta (que Knox conhecia bem até demais), eles se encontravam mais e mais perto do objeto. O líder do esquadrão Gama disse pelo rádio:

— Lembrem-se: não façam nada até a ordem da Central. Fiquem atentos e não deixem os Grounders os verem. — Isso era óbvio. Eles eram soldados treinados, mas Knox tinha uma imagem a manter. Ele conferiu se a arma estava pronta e sentiu uma sensação estranha no peito, no lugar onde o colar tocava. Alguma coisa grande estava para acontecer; ele só não sabia o quê.




mountain patrol
mountain patrol
avatar
Knox Hewitt
Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder do esquadrão Gama | Reconhecedor de Campo
Habita: Mount Weather

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Ivy em Seg Dez 01, 2014 11:11 pm


that word grew louder and louder, 'til it was a battle cry
Ivy já havia visto estrelas cadentes. Ouvirá as histórias, também, sobre como deveriam fazer um pedido quando uma aparecia no céu. Não acreditar era uma escolha dela: achava que conseguia as coisas pelos próprios esforços, e não por causa de um rastro brilhante no meio da noite. Mas raras ocasiões em que via uma, seu ímpeto era de revirar os olhos, então quase sempre as ignorava ou somente evitava ficar olhando para as estrelas por muito tempo (até mesmo porque nunca as achará extremamente fascinante).

Mas ela tinha quase certeza absoluta que aquilo caindo do céu não era uma estrela cadente.

Quando o objeto se tornou visível, ela estava sentada ao lado de companheiros de combate, que conversavam animadamente sobre como haviam sido suas primeiras batalhas. Ivy achava a conversa insuportavelmente entediante. Havia muito tempo desde que os homens da montanha tinham atacado pela última vez, e tudo estava se tornando calmo demais para a general. A mulher pegou-se desejando que acontecesse alguma coisa, uma briga, um ataque, o que quer que fosse para animar seu dia.

É claro, ela provavelmente deveria tomar mais cuidado com o que deseja, porque daquela vez, a estrela cadente que aparecia no céu vinha trazer-lhe exatamente isso — algo para mudar a sua rotina muito mais do que ela esperaria ser possível. E trazia aquela mudança rápido demais, inesperadamente, pegando todos de surpresa, aquele objeto desconhecido envolto em fogo, iluminando a noite escura.

Um silêncio tomou conta da floresta inteira, e quase se podia ouvir o zunido da estranha estrela indo em direção a eles. E quanto mais ela se aproximava, mais Ivy tinha certeza que não poderia ser nada de bom, de forma alguma. Provavelmente não era nem sequer uma estrela. E continuava acelerando, sem parar, casa vez mais perto.

Até cair. E quando caiu, o silêncio da floresta foi quebrado pelo barulho alto que veio do objeto ao chocar-se com o solo, aves voando, animais correndo, e as vozes de todos os Grounders misturando-se, discutindo, perguntando, imaginando. Uma estrela cadente, alguns diziam, mas algo em Ivy negava aquela possibilidade. Já vira estrelas cadentes, e aquilo era muito mais perigoso que uma. Algo novo e extraordinário.

Precisava achar Zylla. Enquanto via a fumaça sair da floresta, indicando o local exato da queda da coisa, era só nisso que pensava. Precisa achar Zylla e receber suas ordens, pois tinha quase certeza que a líder teria uma ordem pronta. Ela sempre sabia o que fazer. E estava certa.

— Verskerp wag by die grens. Drie verkenners en Algemene, ondersoek hulle wat est daun. Stel ai in kennis dan. — A voz da mulher ecoou, dirigindo-se a todos, e principalmente a Ivy. A general assentiu.

— Op my pad. (Estou a caminho.) — Assegurou à sua líder. E então, com um tom de voz mais alto e forte, o tom que usava ao dar ordens, dirigindo-se a um grupo de Grounders próximo a ela: — Drie verkenners met my, vinnig! Voordat die rook stop om ons te wys waar die ding is. Kom ons gaan. (Três olheiros comigo, rápido! Antes de a fumaça parar de nos mostrar onde a coisa está. Vamos.)

Não foi preciso muito mais que isso. Os seu soldados obedeciam ela, e acima de tudo, não contestava, uma ordem direta de Zylla. Três olheiros apresentaram-se prontamente, enquanto outros Grounders organizavam-se para intensificar a guarda na fronteira, como a líder deles havia ordenado.

Ivy deu uma última olhada na vila, e algo dentro de si alegrou-se, algo que ela repreendeu e escondeu. O que quer que tivesse caído animaria pelo menos aquele dia, mesmo que fosse somente um objeto insignificante. E tentando ignorar essa felicidade para focar-se em seu objetivo, a mulher pegou seu fação e um de seus machados o tão rápido quanto conseguiu, e então fez sinal para que os olheiros a seguissem.

— Pasop van die berg mense is, sal hulle waarskynlik ook daar wees. (Cuidado com os Homens Montanha, eles provavelmente estarão lá.) —  Começou a general, enquanto adentrava a floresta. Moenie toelaat dat hulle jou sien. Ons sal so gou as moontlik, Zylla het om te weet wat gebeur. (Não deixem eles te verem. Vamos o mais rápido possível, Zylla tem que saber o que aconteceu.)

E então, com as armas na mão e os três companheiros atrás de si, ela apertou o passo quase ao ponto de correr, e enquanto corria, seguindo a fumaça em direção ao desconhecido, desejou que aquilo não fosse uma estrela ou um objeto qualquer. Desejou que fosse algo novo, diferente, e que animaria não somente aquele dia, mas muitos outros a vir.

E Ivy realmente, realmente deveria tomar cuidado com o que deseja, porque aquela suposta estrela cadente realmente estava pronta para atender seus pedidos de um jeito que ela jamais imaginaria possível, e a general não tinha a menor ideia do que a aguardava.  

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Ivy
Mensagens : 10
Data de inscrição : 30/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: General dos Grounders
Habita: Vila do Clã da Floresta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Tory Huntergrey em Seg Dez 01, 2014 11:25 pm

The falling star


Huntegrey encontrava-se estudando na tenta medica quando tudo aconteceu. Concentrado, o rapaz começou tentando ignorar os primeiros comentários como "Wat is dit?" (O que é aquilo?) ou "Kyk, daar is iets wat uit die lug" (Olha só, tem algo caindo do céu), mas dar uma pausar nos estudos tornou-se inevitável quando os murmúrios começaram a se elevar em um coro grave. O rapaz olhou em direção a saída tentando deduzir o que se passava do lado de fora. Sem sucesso, fechou seu livro de anotações e então saiu.

Assim que transpassou a saída, o jovem logo foi notando que todas as pessoas encontravam-se fora de suas cabanas. Estas, ao que murmuravam, olhavam em direção a um ponto especifico no céu. Foi só aí que os ouvidos de Tory se deram conta do estranho e distante rugido que ecoava do entre as nuvens. Ao erguer o olhar, o grounder então encarou pela primeira vez o estranho objeto que mudaria radicalmente o curso do destino de quase todas as pessoas de sua vila. Foi a primeira vez que Tory olhou em direção aos The 100.

A tal coisa caiu com um baque surdo contra o chão, espantando aves e levantando bastante fumaça. Nisso, as coisas na vila começavam a ficar cada vez mais barulhentas: Mais e mais murmuração e agora as pessoas também andavam de cá para lá, preparando-se todos para o alguma coisa que claramente estava por vir. Zylla, a chefe do clã, de imediato assumiu controle, não da situação, mas da reação quanto a ela. De imediato, a general e alguns olheiros foram convocados, o rapaz, claro, devia partir também. Enquanto caminhava apressado em direção a área dos warriors, refletia sobre o que poderia ser aquele estranho objeto.
warrior grounder
warrior grounder
avatar
Tory Huntergrey
Mensagens : 40
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder da Unidade Norte
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Katrina Mountclear em Ter Dez 02, 2014 8:15 pm


At night when the stars light up my room... The Fallen Stars!

Porque nossos ancestrais diziam para fazermos um desejo quando uma estrela cadente rachava os céus? São só rochas pegando fogo. Quem afirma que elas realizam nossos desejos? Humanos bobos. Estava sentada quando no céu surgiu algo, chamando a atenção de todos na tribo e de qualquer um que não fosse cego. Uma forma escura que atravessava as nuvens rápida como uma estrela cadente. Se eu tentei fazer um desejo? Até poderia, mas ainda estava em completa sanidade. Cada vez mais que a “estrela caído do céu” se aproximava, mais hostil ela parecia. Um silêncio perturbador percorra tanto a tribo, como a floresta. Não ouvia-se nenhum barulho enquanto a bola de fogo percorria o céu.


O silêncio fora quebrado no momento em que a estrela caíra. O barulho fizera com que muitos animais próximos e distantes corressem por conta do som alto que o baque emitira e até aqueles presentes na tribo sentiram um arrepio. Uma imensa fumaça erguia-se no local onde a bola caíra, nos dando a localização exata de onde o mesmo estava. Fitei o céu, observando as aves voando desesperadamente para longe e de repente minha atenção fora voltada para uma mulher na tribo, falando alto e em bom tom.

— Verskerp wag by die grens. Drie verkenners en Algemene, ondersoek hulle wat est daun. Stel ai in kennis dan. — (Intensifique a guarda na fronteira. Três olheiros e General, averiguem o que é aquilo. Informem-me em seguida.)

Zylla, a chefe do clã, convocara alguns olheiros para irem verificar o que acontecera e eu não poderia ficar fora dessa. Antes de juntar-se a general e o restante dos olheiros, coloquei minha alijava com vinte e cinco flechas nas costas e em minha mão direita, segurei meu arco. Sem olhar para trás, segui a mulher e os outros em busca de respostas.
warrior grounder
warrior grounder
avatar
Katrina Mountclear
Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/11/2014
Idade : 20
Localização : Quando eu era apenas uma garota, dizia ser uma deusa... e vivia nos céus. Algumas vezes me pergunto porque desci.

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por The Reality em Ter Dez 02, 2014 8:30 pm

PRIMEIRO DE DEZEMBRO DE 2232
FLORESTA, EUA

PARTE II – A CHEGADA

A patrulha dos Mountain Men começavam a avançar em direção ao local da queda, fizeram um desvio e conseguiram passar a fronteira do rio sem chamar a atenção de grounders. A fumaça da queda da nave parecia ficar maior à medida que seus passos ficavam mais próximos. Eles pararam. O som de outros passos atingindo seus ouvidos ao mesmo tempo que alguém de uma das estações falara algo no auto falante, o som embolado demais para ser entendido, não por conta de estática, mas sim gritos.

– El.... Eles estão aqui! A-aq....! – Chiado. – Não são os da montanha. Repito. Não são os da-

-

– Tory, jy gaan saam met die groep. – Disse Zylla ao grounder, mandando que ele fosse com o grupo que saíra.

A general e os grounders designados para a missão seguiram seu percurso. Eles viam a fumaça enquanto andavam silenciosos pela floresta. Atentos à tudo os grounders de repente pararam. Um som diferente preencheu a floresta.

-

Um grito repercutiu a área da floresta em que a patrulha e os grounders se encontravam, já que ambos estavam bem próximos mesmo sem se notarem. Era um grito de dor, agonizante.

Ambos os grupos correram em direção ao grito, apressados e preparados para o que quer que fosse... Ao menos era o que achavam. Eles notaram a presença um do outro primeiro, e uma tensão antes da batalha se instaurou, pelo menos até eles verem.

Um grupo de reapers estavam parados entre eles e o caminho até o objeto que havia caído. Os reapers, porém pareciam sanos, espertos, inteligentes. Nada que os Mountain Men e os grounders já haviam visto. Dois reapers carregavam armas da patrulha, roubadas dos corpos dos homens que estavam no chão, os outros carregavam armas comuns.

O homem que parecia ser o líder mostrou seus dentes como um animal.

– Saíam. – Ele disse, mas vendo que nenhum dos dois grupos se moveu o homem ergueu o punho. Com um grito de guerra os reapers atacaram. Os armados atirando nos homens das Montanhas, enquanto todos os outros avançavam sem qualquer ponta de medo no olhar.

ADENDOS E DIRETRIZES:


  • Sim, os reapers sabem atirar e a mira deles é boa.
  • O grupo de ataque soma uns 20 reapers, dez pra cada.
  • Esclareçam a direção que vão tomar: para trás, direita ou esquerda. Ou pra frente. (?) q
  • Cinco reapers ficaram no mesmo local.
  • Haverá uma segunda parte, e dependendo dos acontecimentos pode vir a ter uma terceira.
  • A unidade Norte ainda não existe, já que ela foi criada com o intuito de vigiar os 100 e proteger ainda mais o caminho para a vila do Clã.
  • O prazo de postagem é até o dia 8 de dezembro, porém a segunda parte da RP poderá ser postada antes, o que não significa que quem não postou na primeira não o possa fazer. Neste caso, o post da pessoa deverá incluir os acontecimentos da primeira e da segunda parte.
  • Este evento ocorreu há cerca de duas semanas do tempo atual.
  • Desculpem-me o post ruim. ;-; sz


Merely the sound of your voice made me believe that, that you were her just like the river disturbs my inner peace. Once I believed I could find just a trace of her beloved soul, once I believed she was all then she smothered my beliefs.



the staff
the staff
avatar
The Reality
Mensagens : 146
Data de inscrição : 28/12/2013

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo:
Habita:

Ver perfil do usuário http://the-100.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Knox Hewitt em Qua Dez 03, 2014 12:03 am


SHOOTING STARS
be quick, make a wish
A
s coisas aconteceram muito rápido.

Não fazia vinte minutos de diferença entre o aparecimento do objeto no céu e o tiroteio. Knox havia mandado dois soldados à frente para checar o terreno. A voz de um deles veio pelo rádio instantes depois:

El.... Eles estão aqui! A-aq....! — Chiado. — Não são os da montanha. Repito. Não são os da-

A transmissão foi cortada. Com um mal pressentimento, Knox ligou a mira do rifle e mandou os outros dois ficarem atentos --

foi quando um grito de dor alertou a ele de que algo realmente ruim havia acontecido.

Sua pequena unidade se moveu com rapidez na direção do local, ignorando a ordem de andar com discrição. Knox ligou novamente o rádio e tentou contactar a Central:

Situação emergencial. Preciso de reforço armado o mais rápido possível. Ameaça ainda não iden --

Ele parou a transmissão por um motivo óbvio: três grupos haviam convergido para o mesmo local.

O de Mount Weather, constituído apenas por três Montain Men (contando com Knox), encararam primeiramente um grupo de Grounders. Nenhum era do Sul, se não Knox teria os reconhecido. Comparados aos outro grupo, bem, eles não pareciam a pior das ameaças.

Este era constituído por Reapers. Mas não Reapers normais, que pareciam sempre à beira da loucura e em um frenesi por sangue; na verdade, seus olhos argutos refletiam uma inteligência surpreendente. Nas mãos de dois haviam armas automáticas iguais ao do esquadrão da Mountain Patrol. Os dois homens que Knox mandara como batedores jaziam mortos no chão.

Ao menos sei de onde vieram as armas. Será que eles sabem...

A resposta veio rápida. O que parecia o líder do grupo de Reapers mandou eles saírem, mas nenhum dos dois grupos o fez -- e então eles atiraram.

Knox não esperou. Sua mente agiu no modo automático: ele tentou sair da linha de tiro e lançou uma bomba de gás de fumaça na direção dos que estavam com as armas.

UM GRUPO DE REAPERS INTELIGENTES E ARMADOS E UM DE GROUNDERS ATÉ AGORA INOFENSIVO. — A voz dele era ensurdecedora para seus próprios ouvidos. A mensagem era para a Central e para o resto da patrulha que estava em Mount Weather. — O MAIOR PERIGO SÃO OS REAPERS. REQUISITANDO AUXÍLIO. — E então não havia mais tempo para falar ao rádio.

Alguns lutadores viam na direção dos três indegrantes da MP. Knox não teve tempo de olhar para seus companheiros, mas torcia para que eles não tivessem sido atingidos. Na rapidez com que as coisas se desenrolavam, ele só teve tempo de apontar a arma e atirar em qualquer dos Reapers que tivesse se aproximando.

Equipamentos:
♦ Bushmaster ACR (Adaptive Combat Rifle) [Um rifle de assalto que pesa cerca de 3 kg tendo o alcance até 300 metros. Possuí mira uma mira laser e um silenciador.]

♦ Gás de fumaça [Causa desmaio àqueles que o respiram].

▼ ▼ ▼




mountain patrol
mountain patrol
avatar
Knox Hewitt
Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder do esquadrão Gama | Reconhecedor de Campo
Habita: Mount Weather

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Ivy em Qua Dez 03, 2014 3:26 pm


that word grew louder and louder, 'til it was a battle cry
Ivy odiava Reapers mais do que a maior parte das coisas. Brutais, cruéis e fortes, sem tática de batalha, difíceis de derrotar mas nunca davam uma luta interessante. Então, quando ouviu o grito de dor vindo de longe, desejou com todas as suas forças para que não fossem eles. E, mesmo assim, viu-se obrigada a seguir o barulho, não só pelo instinto como pelo dever de checar o que acontecia. Algo estava muito errado.

Com um rápido olhar em direção a Tory e o resto do grupo, apertou o passo ainda mais, a ponto de correr em direção ao som. Por sorte, era no caminho, entre eles e o objeto (ou talvez não fosse somente sorte). Mas, quando chegou lá, foi tomada por um segundo de felicidade: a primeira coisa que viu não foram os Reapers, mas sim Homens da Montanha. Podia lidar com eles. E então os viu.

Eram Reapers, a general estabeleceu ao pousar os olhos nas criaturas. Mas havia algo de diferente. Havia algo no jeito deles, em seu olhar, algo inteligente que ela nunca vira antes. Teve vontade de aproximar-se e espanca-los até eles falarem tudo que sabiam, só para ver realmente o quão inteligente eram. O que mais a intrigava, por outro lado, era como eles não pareciam insanos como os Reapers comuns. Não tinham aquela expressão brutalmente louca, algo que dava a Ivy calafrios. Mas, de algum modo, a sanidade contida em suas expressões fez com que ela ficasse ainda mais nervosa.

Não deixou-se abalar. Apertou o machado com ainda mais força na mão, e olhou para o seu lado. Poderia ignorar o outro grupo que havia convergido ali, visto que a ameaça eram obviamente os Reapers. Não sabia se conseguiriam enfrenta-los, e por mais que odiasse fugir de batalhas, sua missão era ver o que estava acontecendo com o objeto proveniente do céu. Sua mente trabalhou, em cerca de 5 segundos que mais se pareceram com uma hora, a tensão entre os três grupos se acumulando no ar.

— Saíam. — Um dos Reapers, provavelmente o líder, ordenou.

A general ergueu o queixo, sem dizer nada em resposta, o olhar desafiando-no. E naquele pequeno momento, Ivy ganhou mais tempo para pensar. Vinte Reapers. Os Homens da Montanha poderiam cuidar de metade. Dois com armas da patrulha, armas perigosas, que se eles pudessem manipular com habilidade, seriam uma grande ameaça. Os Grounders eram quatro: ela, três olheiros e Tory. Mais de dois Reapers para cada um, contando o armado.

As probabilidades de saírem vivos se aquelas criaturas fossem tão perigosas quanto se achavam ser e tão inteligentes quanto pareciam em comparação ao resto de sua espécie, era muito, muito pouca. Ela não queria fugir. Não mesmo. Queria ficar e lutar. E tinha que tomar uma decisão.

Porém, antes que a tomasse, o grito saído da boca do Reaper preencheu o local. Um grito de guerra. Por mais que pensasse rápido, e seu tempo tinha se esgotado antes que ela pudesse fazer algo mais rápido que os Reapers. Aquilo seria uma desvantagem, mas ela conseguiria se virar. Abriu sua boca também, parecendo pronta para responder com seu próprio grito de guerra. Não foi ele, porém, que saiu de sua boca.

— Gelaat! (Esquerda!) — A General gritou, o mais rápido que conseguiu. — En doodmaak wat jou pad ontwrig! (E mate o que interromper seu caminho!)

Sua última frase englobava Reapers e Homens da Montanha, e ela sabia que isso estava claro. Tinham que sair de lá, pois estavam em desvantagem óbvia e precisavam ir para o objetivo original. Odiava aquilo. Odiava sair de uma oportunidade tão boa para brigar. Mas seu dever como general era comandar do jeito mais inteligente possível. E não ficaria ali vendo seus companheiros serem mortos pelas criaturas que eles ainda conheciam tão mal.

Com esse pensamento na cabeça, segurou o machado, esticou a mão para certificar-se que o facão ainda estava lá, e começou seu caminho para a esquerda quase que na diagonal, somente para que não tivesse de virar as costas nem para os Homens da Montanha nem para as criaturas que os atacava, criaturas que ela não tinha certeza mais se gostaria de chamar de Reapers.
 

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Ivy
Mensagens : 10
Data de inscrição : 30/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: General dos Grounders
Habita: Vila do Clã da Floresta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Frida Vaudran em Qua Dez 03, 2014 8:09 pm


A vingança é uma espécie de justiça selvagem
Se quer algo na vida, vá atrás e pegue

Frida afiava a ponta de suas flechas quando ocorreu a queda da estrela. A garota estava seguindo a mesma rotina de sempre; faria uma rápida caminhada pela floresta — explorai-a e sondaria rastros de animais ou de qualquer coisa que não pertencesse ao Clã antes de completar de seus verdadeiros afazeres no Clã. Para o inicio da sua rotina a garota fizera uma trança desajeitada com suas mechas loura para que não a atrapalhasse no seu trabalho de afiar as flechas, mas desistiu no momento em que viu o céu ser tomado pela uma única estrela cadente.

Um silêncio repentino atingiu o Clã e a Floresta. Ninguém ousou a emitir um som. Frida tinha prendido a respiração, e permanecia imóvel enquanto admirava cada segundo a queda da estrela até que o baque do objeto a puxasse de volta à realidade. As aves e outros animais assustados se afastavam o mais rápido podiam dali, mas o que a Frida queria era se aproximar de onde a fumaça se erguia no céu. Seu coração acelerado a deixava tensa, porém animada.

Agarrou a aljava e suas flechas antes mesmo de Zylla se pronunciar. Num movimento brusco avista sua General chamando alguns olheiros e alerta-los sobre um possível encontro com os homens montanhas. A garota engole em seco. Fazia muito tempo que não ocorria algo de “interessante” no Clã, e não querendo demonstrar, agradeceu a estrela num sorriso felino. Seguiu o grupo a uma distância agradável em passadas curtas e sorrateiras.

De repente o grupo estagna, e Frida faz o mesmo curvando o corpo institivamente. Um frio na espinha percorre todo seu corpo ao escutar um grito. O que fora uma caminhada tornou-se uma corrida na direção do som. Ela bufa sentindo o suor da testa escorrer pelo pescoço. A garota então cerra os pulsos no arco e fazia mentalmente a trajetória da mão para a flecha para o arco. Não hesitaria, afirmava frisando o cenho. Mas sem que notasse sua mão já alcançava a flecha ao ver o grupo de Reapers e os Homens Montanhas. Eles carregavam algum tipo de arma diferente, no entanto, Frida reconhecia que elas eram perigosas. Esperou por alguma ordem de Zylla ou da General, e balançava a cabeça feito uma garça atenta aguardando pelo abate.

Contudo, a ordem viera juntamente com o outro grupo. Eles iniciaram os disparos primeiro nos Homens Montanhas e Ivy ordenou que todos fossem para o lado esquerdo e matasse qualquer um que interrompesse o caminho. Frida aquiesceu e deixou seu corpo agir por instinto. Lançou-se para o lado esquerdo e levantou-se com uma agilidade impecável. Usou uma das arvores como escudo. “Ai heet'n hoë plek hoog genoeg om weg te steek en aanval. (Preciso de um lugar alto, alto o suficiente para me esconder e atacar.)”  Ela procurou freneticamente este lugar. Atentou a uma rocha a sua frente e bufou raivosa. Os disparos vinham quase de todo lugar, e teria que ser mais rápido que eles. “Is dit moontlik? Ja. Jy kan. Staatmaak op hul vaardighede. Moet nooit huiwer! (Isso é possível? Sim. É possível. Confie nas suas habilidades. Nunca hesite!)”

Frida apertou os olhos com força e inspirou fundo. Tencionou os músculos e com o arco em prontidão, envergou-a na altura dos olhos. Aquele momento era só seu, esquecendo-se de tudo e de todos, concentrando-se apenas no alvo. Então dispara sua primeira flecha, tendo como alvo a cabeça de um dos Reapers. Saia de seu escudo natural às pressas sem dar o luxo de correr com as costas viradas ao inimigo. E, com displicência dispara mais duas vezes em outro Reaper, acreditando que acertaria sua coxa esquerda e seu ombro.

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Frida Vaudran
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/12/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Tory Huntergrey em Qui Dez 04, 2014 6:40 pm

I am a Warriors


Zylla ordenou que Tory seguisse sua general para reforçar a guarda na fronteira. Sem pensar duas vezes, o warrior pegou sua lança e facão de caça, logo partindo com o grupo em direção a misteriosa fumaça negra. Sempre atento, os guerreiros notaram de imediato quando um som estranho - porém, dessa vez não mais provindo de algo nos céus - interrompeu o silêncio da floresta. O grupo inteiro, então, hesitou e aguçou os ouvidos para descobrir o que era a coisa que estava próxima deles ou de onde vinha.

E foi então que tudo aconteceu: Num primeiro momento, um grito escandaloso de dor, o que fez todo o grupo entrar em alertar e correr imediatamente em direção do que quer que fosse a coisa que estava a tanto perturbar a tranquilidade dos terrestres; Logo em seguida, a surpresa ao ver seus os primeiros de seus piores inimigos frente a frente, com armas covardes em mãos e roupas estranhas no corpo, a visão dos Mountain Men era odiável como sempre, contudo, estes mesmos não estavam preparados para executar uma emboscada ou algo do tipo... na verdade, eles pareciam tão surpresos quanto os grounders em relação ao encontro.

E foi então que Tory os viu. Um frio subiu pela espinha do guerreiro quando este passou os olhos por onde eles estavam:  Os homens demônios - como gostava de chamar - estavam bem no meio de ambos os grupos, e tinham sangue e armas nas mãos. Não armas comuns, como era costumeiro, os monstros carregavam armas dos homens da montanha que tinha acabado de matar. E o pior, as criaturas - geralmente insanas e desorganizadas - pareciam ter achado um meio de se organizar e aguardavam ordens do homem que parecia ser o líder deles.

Com grande impaciência, ou talvez ansiedade, o "homem" a frente dos monstros não hesitou muito antes de ordenar um ataque. Em questão de segundos o lugar de encontro dos três grupos se tornou um verdadeiro campo de guerra. Talvez por sorte, os demônios que estavam armados se interessaram mais em atirar nos homens que tinham armas de fogo também, era algo um pouco lógico, mas não deixava de ser bom para grounders. Imediatamente, sua general apresentou-lhes o plano inicial de batalha, que era basicamente posicionar-se a esquerda de onde estavam e manter-se a salvo enquanto chegava lá. Foi o que o guerreiro fez, logo depois de checar se a fumaça - que um dos Mountain Men havia jogado - não estava em seu caminho, Tory correu - mais rápido que a maioria - e facilmente acompanhou Ivy, sua general.

— Dekking? (Cobertura?) — gritou para a guerreira, agora ao seu lado.

Huntergrey sabia que era quase insano lutar contra aqueles monstros, mas... não era como se eles pudessem fugir para sempre, sabia que uma hora iam ter que lutar e queria estar bem preparado para isto.


Última edição por Tory Huntergrey em Sex Dez 05, 2014 4:30 pm, editado 2 vez(es)
warrior grounder
warrior grounder
avatar
Tory Huntergrey
Mensagens : 40
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder da Unidade Norte
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Katrina Mountclear em Qui Dez 04, 2014 8:36 pm


At night when the stars light up my room... The Fallen Stars!

Reapers. O que eu posso dizer sobre eles? Além de serem mais selvagens que nós grounders, são criaturas que tiveram que adquirir a habilidade de suportar a dor e inibir suas emoções, tornando-os máquinas de matar incontroláveis. Um grito repercutiu a área da floresta em que estávamos e aquilo só poderia significar uma coisa e pode ter certeza de que não era uma coisa boa. Era um som apavorante, agonizante e podia-se notar quanta dor a criatura que emitira estava sentindo.

Sem perder tempo, a general saíra em em direção de onde o som fora emitido, em busca do ser que fizera aquilo e nós, os olheiros fomos atrás da mesma, seguindo-a a cada passo que dera. Chegando ao local, encontramos mais do que esperávamos. Os soldados da Mountain. E como não existe final feliz, os selvagens Reapers também apareceram. Um grupo de reapers estavam parados entre nós grounders, os soldados e o caminho até o objeto que havia caído. A tensão aumentara no local. Dois reapers carregavam armas da patrulha, roubadas dos corpos dos homens que estavam no chão, os outros carregavam armas comuns. Um dos homens mostrara seus dentes de animal e como o mesmo age, deveria ser o líder deles.


Com um grito de guerra os reapers atacaram. Os armados atirando nos homens das Montanhas, enquanto todos os outros avançavam sem qualquer ponta de medo no olhar. Gritando o mais alto possível, a general ordenara para irmos pelo caminho da esquerda e também dera a ordem de matar qualquer um que tivera ousadia suficiente para ficar em nosso caminho.

Dei um salto para à esquerda, utilizando uma das árvores para defender-me das balas disparadas contra nós. Notei que a outra garota sem ser a general, também era uma arqueira e a mesma necessitava de um lugar alto para efetuar seus ataques contra nossos inimigos. Eu também sou uma arqueira e acho que se unirmos forças podemos neutralizar vários que apareceram à nossa frente ou dizendo como arqueira, na nossa mira.

Antes de desferir qualquer ataque, tive de definir meu olho predominante. Como meu pai falara quando treinávamos, no uso do arco e flecha, a dominância dos olhos é mais importante do que a dominância da mão. Meu olho direito fora escolhido para visualizar meus alvos e em um rápido movimento, ergui meu arco e retirei uma flecha de meu alijava, preparando-a enquanto ainda estava detrás da árvore.

Coloquei um pouco de meu rosto para fora da árvore, visando um dos reapers. Com o alvo à minha esquerda, as pernas levemente afastadas, alinhando o tiro a direita da face e mirando com o olho direito, levantei o arco com a mão esquerda e ao mesmo tempo executei uma puxada, deixando minha respiração fluir naturalmente. Deixei meu cotovelo bem elevado, para que o antebraço transmitisse a força exercida pelos músculos do ombro e das costas. Quando o tensor aproximou-se do meu queixo, dei mais uma puxada, com deliberação e quase sem consciência intencionada, mantendo meu olho direito visando a cabeça do cruel reaper, permitindo que o tiro ocorresse segundos após.

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Katrina Mountclear
Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/11/2014
Idade : 20
Localização : Quando eu era apenas uma garota, dizia ser uma deusa... e vivia nos céus. Algumas vezes me pergunto porque desci.

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por The Reality em Sex Dez 05, 2014 2:20 pm

PRIMEIRO DE DEZEMBRO DE 2232
FLORESTA, EUA

PARTE II – OS CEIFADORES

O líder não moveu-se, tal como outros seis reapers que continuaram junto do  maior, ao invés disso eles viraram as costas e correram na direção da fumaça do objeto caído, não correndo, caminhando por entre a floresta com passos silenciosos e da forma como grounders faziam.

Dos dez que atacaram os homens da montanha, três foram baleados, e três desmaiaram ao aspirar o ar da fumaça rosa lançada sobre eles. Os quatro que sobraram possuíam máscara de ferro em formatos medonhos sobre seus rostos, talvez por este motivo a fumaça não fizera tanto efeito, isso e o fato de que um reaper não é exatamente como qualquer outra pessoa, mesmo aqueles conscientes. Um tiro do reaper armado quase atingiu Knox, explodindo num galho de uma árvore ao seu lado, ao mesmo tempo que o tiro que ele dava acertava o braço de um dos quatro reapers, mas o atingido não recuou ou diminuiu o passo, era quase como se não sentisse o ferimento que o fazia sangrar e deixar um rastro pela floresta.

Um dos reaper atirou um chakran na direção do grupo, e para a infelicidade de um dos três homens a arma o atingiu bem na cabeça. O corpo do homem da patrulha foi ao chão quase que imediatamente. Um dos reapers parou para arrastar o corpo do homem morto para alguma parte, os outros três continuaram a perseguição, seus passos se aproximando cada vez mais, enquanto eles corriam pelas árvores desviando em zigue zague e dificultando a mira dos homens.

▬ Líder Gama, a transm... ▬ Estática. ▬ Repi... Interferên...▬ Estática. ▬ Responda. Câmbio. ▬ A central tentava falar pelo rádio com a patrulha.

Do outro lado, os grounders não pareciam muito melhores. Dez para um grupo de cinco. A general Ivy deu suas ordens, e logo o grupo a seguia. Por pouco não inalaram a fumaça lançada pelo homem da montanha, mas o que chegou às suas narinas fora o bastante para deixá-los tontos. Tal como alguns dos reapers. Dois do grupo de dez pareceram ser especialmente afetados pela fumaça, e quando Frida lançou sua flecha sobre a cabeça de um deles, não houve como o homem desviar. Um à menos, faltam nove.

Outros duas flechas foram lançadas pela mulher, uma delas atingindo o ombro de um reaper, a outra uma árvore, a tontura e a corrida não ajudava na mira. O reaper atingido no ombro, porém pareceu não reagir ao ferimento, apenas arrancou a flecha de seu ombro com um sonoro crack e continuou a perseguição, agora com uma arma em mão.

A outra arqueira também tentou um tiro, e como a primeira, ela acertou. O reaper que tomava a dianteira teve uma flecha crava no meio da testa, mas isso não pareceu abalar a confiança do grupo, agora composto por oito, que os perseguia.

▬ Tweede posisie. ▬ Gritou um dos reaper na língua grounder, para a surpresa dos cinco.

▬ Geen genade nie. Sonder vrees. Geen oorlewendes. ▬ (Sem piedade. Sem medo. Sem sobreviventes.) Todos os reapers gritaram em uníssono enquanto começavam a correr em uma formação diferente.

Dois deles subiram em árvores e pulavam de um galho para o outro com uma agilidade surpreendente, outros dois iam mais para a direita e aceleravam o passo, enquanto outros dois faziam a mesma coisa pela esquerda. Os dois restantes continuavam no mesmo caminho atrás dos grounders.

Uma faca fora lançada das árvores por um dos reapers, a qual atingiu certeira a cabeça de um dos guerreiros. O reaper que lançara a arma pulou da árvore para pegar o corpo abatido e arrastá-lo para algum lugar, enquanto a perseguição não terminava.

ADENDOS E DIRETRIZES:


  • Haverá uma segunda parte, e dependendo dos acontecimentos pode vir a ter uma terceira.
  • A unidade Norte ainda não existe, já que ela foi criada com o intuito de vigiar os 100 e proteger ainda mais o caminho para a vila do Clã.
  • Não há um prazo de postagem, mas se demorarem demais eu vou postar. Saibam que apesar de ser atemporal e vocês não morrerem ainda podem perder um membro, ou dois, ou ficarem cegos, aleijados e etc, então tentem não ficar sem postar.
  • A pessoa morta foi um NPC, Priotr, o terceiro olheiro, no caso.
  • Narrem somente um ataque, defesa, fuga, o que quiserem.
  • O tempo para o reaper se aproximar de vocês é 10 dividido por 9 menos a sua velocidade (10/(9 -sua velocidade). obs: 1 minuto = 1 metro.
  • Este evento ocorreu há cerca de duas semanas do tempo atual.

    Velocidade:
    Knox: 6
    Ivy: 7.
    Frida: 7
    Katrina: 8
    Tory: 9

    Reapers:
    Força: 12
    Destreza: 8
    Agilidade: 10
    Percepção: 9
    Mira: 8
    Lábia/Indução: 4
    Vitalidade: 12

    Velocidade: 9
    Peso: 110 kg.
    Altura: 1,80.

  • Distância

    Knox: Faltam 3 minutos para os reapers te alcançarem.
    Ivy: Faltam 5 minutos para os reapers te alcançarem.
    Frida: Faltam 5 minutos para os reapers te alcançarem.
    Katrina: Faltam 10 minutos para os reapers te alcançarem.
    Tory: Os reapers só te alcançaram caso você pare de correr ou diminua a sua velocidade.

  • Aqueles com distância menor de 6 metros considerem que os reapers o alcançaram neste post.
  • O reaper na árvore e os da esquerda vão continuar correndo, apenas os de trás e os da direita vão atacar aqueles que forem alcançados ou pararem neste post.
  • Desculpem, não revisei. ç-ç


Merely the sound of your voice made me believe that, that you were her just like the river disturbs my inner peace. Once I believed I could find just a trace of her beloved soul, once I believed she was all then she smothered my beliefs.

the staff
the staff
avatar
The Reality
Mensagens : 146
Data de inscrição : 28/12/2013

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo:
Habita:

Ver perfil do usuário http://the-100.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Tory Huntergrey em Sex Dez 05, 2014 4:31 pm

I am a Warriors


Enquanto corria, o guerreiro foi notando as sutilidades nos acontecimentos que ocorriam; os reapers de fato eram mais inteligentes que o normal, falam tanto a língua grounder quanto a inglesa, e pelo visto tinham até formações de batalha. Os guerreiros terrestres arriscavam a sorte tentando escapar o máximo de tempo possível, mas para Priotr foi impossível. O jovem olheiro acabou sendo atingido de repente e ficando para trás, deixando os grounders restantes apenas em situação pior... Mas Troy não tinha tempo a perder com suas preocupações ou inseguranças, o guerreiro olhou de relance para trás, tentando entender a formação dos monstros. Mesmo que só tenha constado que eles eram muito rápidos. Alguns haviam sumido do campo de visão do rapaz, enquanto dois ainda os perseguiam por trás e, essencialmente, mais dois perseguiam uma das arqueiras bem de perto. A segunda arqueira parecia veloz o suficiente para escapar por mais algum tempo, e a general era uma brava guerreira.

O rapaz não quis pensar muito quando a parte "protetora" de sua personalidade, o impeliu a correr na direção de Frida. Arqueiros eram ótimos em batalha, mas precisavam de espaço.

— Generaal, ek help dat. (General, estou com aquela garota.) — disse enquanto se dirigia em direção a arqueira, diminuindo um pouco a corrida até ficar do lado dela e então um pouco atrás, bem na frente de onde os reapers estavam vindo. — Toe ek stop, stap 'n bietjie terug en bedek my. (Quando eu parar, se afaste um pouco e me cubra.) — ditou baixo para a garota rapidamente.

Huntergrey prosseguiu até onde pôde com a fuga, seguindo na mesma velocidade que a guerreira a sua frente. Mesmo assim, em muito pouco tempo o rapaz viu que a hora de fugir estava chegando ao fim. Assim que notou que os dois reapers estavam próximos dele, perto o suficiente para realizar um ataque, o rapaz tomou a iniciativa.

— Nou! (Agora!) — e parou de repente, girando a lança contra o peito do primeiro dos reapers, queria aproveitar-se da velocidade que eles estavam para poder surpreendê-lo.

Talvez fosse bem sucedido, talvez não. Sua mão já estava preparada para largar a lança e pegar o facão em sua cintura, em qualquer caso de emergência. Só esperava que a arqueira atrás de si o cobrisse quanto ao segundo monstro.
warrior grounder
warrior grounder
avatar
Tory Huntergrey
Mensagens : 40
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder da Unidade Norte
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Knox Hewitt em Sex Dez 05, 2014 7:50 pm


SHOOTING STARS
be quick, make a wish
D
ezenas de anos atrás, bem antes da guerra nuclear que dizimou bilhões de pessoas e do subsequente retrocesso da humanidade, uma nova interpretação da Lei de Murphy, mais otimista, fora criada: tudo o que pode acontecer, acontecerá. Para Knox era difícil acreditar nessa teoria mais "positiva" quando o grupo mais formidável de Reapers que ele já tinha visto vinha em sua direção.  

Knox viu que sua bomba de gás tinha atingido alguns deles, mas quatro ainda avançavam até ele com velocidade surpreendente; ele quase não percebeu o tiro que tinha atingido uma árvore bem ao seu lado. O líder do esquadrão Gama não nutria esperanças de que pudesse combatê-los na força pura -- se vencer um já teria sido quase impossível, quatro, mesmo que um estivesse ferido, seria um massacre. Quando um de seus parceiros caiu no chão a alguns metros dali, com algo tendo atravessado a sua cabeça, um ruído se fez ouvir nos ouvidos de Knox.

Líder Gama, a transm... — Estática. — Repi... Interferên...— Estática. — Responda. Câmbio. — A central tentava falar pelo rádio com a patrulha.

Ao que parecia, não haveria ajuda vinda de Mount Weather. Não havia tempo hábil para contatá-los novamente.

A Lei de Murphy era clara. Aquela interpretação mais positivista estava completamente errada.

O primeiro Reaper chegaria a Knox em poucos segundos; uma ideia, no entanto, veio na hora em que este mais precisava. Os trajes da Mountain Patrol eram feitos para resistir à radiação, e tinham de filtrar tudo o que entrava para que as pessoas dentro do invólucro não morressem. Os equipamentos de filtragem do traje certamente poderiam ser fechados para evitar que o gás sonífero, mesmo filtrado, entrasse. Este falou com seu último parceiro da MP, o mais rápido e conciso possível através do rádio:

Feche o sistema de respiração e jogue a sua bomba de gás aqui... AGORA!

Knox fez o que acabara de ordenar ao seu subordinado quando a fumaça rosa começou a encobrir a visão que ele tinha dos Reapers. Antes que isso acontecesse, ele mirou no torso do mais próximo, lugar mais fácil de acertar, mesmo com a corrida em zigue-zague, e atirou duas vezes; depois mirou no outro e atirou novamente, mas não tinha como ter certeza se acertara pois o gás já tinha obstruído sua visão, mesmo através do equipamento ultra-avançado de Mount Weather.

O som de tiros vindos da sua direita significava que o outro MM também havia atirado antes que a fumaça tomasse conta de tudo. Não querendo ficar parado, Knox recuaria e tentaria achar um local onde pudesse ver claramente.

P.S.:
Bem... essa coisa toda do traje foi tirada da minha cabeça. Eu imaginei que, como eles da Mountain Patrol podem acabar passando horas fora de Mount Weather, deveria haver alguma forma de filtrar o ar que entrava no traje, ou de filtrar o ar de dentro do traje, etc. Desta forma, eles poderiam fechar o sistema para não entrar nenhum gás ou este seria filtrado e afetaria muito menos eles. Imagino que os Reapers, mesmo com as máscaras, tenham de respirar e o efeito tão próximo da bomba atinja-os como atingiria se fossem pessoas 'normais'.

Equipamentos:
♦ Bushmaster ACR (Adaptive Combat Rifle) [Um rifle de assalto que pesa cerca de 3 kg tendo o alcance até 300 metros. Possuí mira uma mira laser e um silenciador.]

♦ Gás de fumaça [Causa desmaio àqueles que o respiram].

▼ ▼ ▼




mountain patrol
mountain patrol
avatar
Knox Hewitt
Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder do esquadrão Gama | Reconhecedor de Campo
Habita: Mount Weather

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Ivy em Dom Dez 07, 2014 10:01 pm


that word grew louder and louder, 'til it was a battle cry
A única coisa que deixava Ivy levemente feliz naquilo tudo era que os Homens da Montanha provavelmente não estavam em uma situação tão boa. Por outro lado, todo o resto estava um caos. A fumaça havia os alcançado, e mesmo que só um pouco, era o suficiente para deixar os Grounders tontos.

Outra coisa deixou a general satisfeita, também: duas flechas acertaram em cheio Reapers, matando dois dos oito que seguiam ela e os outros dos guerreiros. Fez uma marca mental para mostrar sua satisfação com quem quer que tivesse feito aquilo (ou, no caso, as duas que o fizeram). De qualquer jeito, ainda faltavam várias criaturas, e Ivy tinha bastante trabalho pela frente.

O que mais a assustou, de todo o resto, foi o fato dos Reapers falarem, pela primeira vez, uma língua conhecida. A língua dela. E provavelmente a Groudner passaria muito, muito tempo refletindo sobre isso mais tarde, mas naquele momento tempo não era algo que ela tinha de sobra. Percebeu isso quando um de seus guerreiros morreu, um bom olheiro, e jovem ainda. O sentimento de culpa encheu seu corpo, e ela sabia que tinha falhado com ele. E mesmo que vencesse a batalhada, não seria vitoriosa.

— Generaal, ek help dat. — Tory disse, chamando sua atenção. A mulher tentou não demonstrar sua desaprovação, pois sempre achava que os ímpetos heroicos do garoto eram desvantajosos para ele. — Toe ek stop, stap 'n bietjie terug en bedek my.

De qualquer modo, a general assentiu, pois ele era um de seus melhores guerreiros, e se assim quisesse, é claro que ela poderia lhe dar cobertura. Além do mais, ele começou a desacelerar, e ela logo percebeu que Huntergrey provavelmente tinha um plano de ataque. Ele era muito mais rápido que ela, a mulher sabia, e se quisesse, podia inclusive passá-la.

Então, segui-o, desacelerando também, a ponto de ficar quase ao seu lado. Os dois Reapers os alcançariam logo, e tinham de fazer algo. Não tinha certeza de onde as outras criaturas estavam, mas imaginou que estariam perto, e prontos para atacar, caso parassem. Era inevitável, todavia: eles eram mais rápidos que os Grounders, e não tinha como fugir para sempre.

— Nou!— Gritou Tory.

Ivy não tinha problema nenhum com seguir ordens, principalmente quando sabia que elas eram necessárias. Principalmente quando vinham de alguém em quem ela confiava. Então, quando ele falou, ela seguiu-o.

Segurou seu machado com as duas mãos, mas em vez de mirar em seu pescoço, a mulher tentou outra tática. Eles eram muito resistentes e muitos fortes. Então, mirou na região mais ampla do Reaper, seu tronco, e golpeou-o. Tinha menos chance de errar, e caso não conseguisse matá-lo, podia usar o peso da criatura contra ele e empurrá-lo para frente com a arma.
 

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Ivy
Mensagens : 10
Data de inscrição : 30/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: General dos Grounders
Habita: Vila do Clã da Floresta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Frida Vaudran em Dom Dez 07, 2014 10:52 pm


A vingança é uma espécie de justiça selvagem
Se quer algo na vida, vá atrás e pegue

Frida quase engasgou ao ver o Reaper tirar a flecha do seu ombro como se aquilo não fosse nada. Ela grunhiu furiosa, e sua vontade fora de correr na direção do Reaper e esmagar seu crânio com as próprias mãos, mas não o fez. Estava em uma guerra e era boa demais para fazer idiotices. Enquanto pegava outra flecha e voltava correr, limpou o suor da testa que escorria pelas costas. Seu plano de subir em uma rocha não daria certo, não poderia abandonar seu grupo ou conceder a chance de acertada, isto é, se tornando um alvo fácil. Não, ela não faria isso.

Frida ouviu o grupo de Ceifadores bradar em uníssono, e a tempo de vê-los se separar como que tivessem uma formação de batalha. Aquilo a surpreendeu, e em desgosto estreitou as sobrancelhas, porém quando viu o olheiro Priotr ser atingindo, o ar escapou-lhe dos pulmões como que tivesse sido ela a golpeada. Ver a cena de um dos seus ser arrastado era como perder um membro da família. A fúria cresceu, e decidiu que se fosse necessário morreria protegendo a General. Estava pronta a parar quando Tory surgiu ao seu lado. Ele foi breve e seguro nas palavras, e Frida conseguia ver um brilho feroz em seus olhos. A garota agitou-se e por pouco não deixou um sorriso atrevido aparecer. Aquiesceu rapidamente entendendo imediatamente sua ideia.

Continuou correndo e institivamente sentiu a aproximação dos Reapers. Faltava pouco para que a agarrassem, mas isso só a deixava mais agitada e animada. A adrenalina rugiu quando Tory gritou: — Nou! — Frida deu um curto salto a frente e, num movimento gracioso girou o corpo ficando perpendicular do alvo. Envergou o arco com um incrível controle, e ele rangeu vigorosamente de volta. Ela sorriu. Concentrou-se e mirou. Nada a faria errar, nem mesmo o cansaço. E, no momento em que entendeu o arco sendo uma extensão do corpo, a garota soltou a corda. A flecha voou silenciosamente diretamente na garganta do Reaper.

Caso errasse, a garota se preparava para usar o arco como arma contra o Reaper, acertando-o no queixo e, seguidamente através de uma flecha perfuraria a garganta do animal com a ponta afiada. Mas se tivesse acertado, voltaria a correr ao lado de Tory, deixando escapar o sorriso felino e um agradecimento baixo.

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Frida Vaudran
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/12/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Katrina Mountclear em Seg Dez 08, 2014 9:04 am


At night when the stars light up my room...
The Fallen Stars!

Não me surpreendera que minha flecha acertara um dos reapers, porém isso só motivou os que sobraram a atacar-nos com toda a força que lhe restavam. Todos os reapers gritaram em uníssono enquanto começavam a correr em uma formação diferente. Dois deles subiram em árvores e pulavam de um galho para o outro com uma agilidade surpreendente, outros dois iam mais para a direita e aceleravam o passo, enquanto outros dois faziam a mesma coisa pela esquerda. Os dois restantes continuavam no mesmo caminho atrás de nós.

Um de nossos guerreiros fora acertado na cabeça por uma lança que um de nossos inimigos lançara, matando-o na mesma hora. Começamos a correr mais adentro da floresta, tentando escapar dos ceifadores que estavam escondidos em cima das árvores e aqueles que restaram no solo. Continuei correndo até que resolvi parar, me escondendo detrás de uma árvore.

Ergui meu arco mais uma vez e preparei uma flecha, voltando a correr novamente. Virei meu olho direito para trás e notei que o reaper aproxima-se, certamente iria me pegar caso eu continuasse a fugir e cair em alguma armadilha que os mesmos preparam. Corri em direção de uma árvore à minha frente, onde utilizei seu tronco para dar um salto para trás, girando meu corpo no ar. Com a flecha preparada e o tensor próximo ao meu queixo, localizei meu alvo com meu olho direito e disparei uma flecha em sua direção, esperando com que a mesma acertasse o maldito selvagem. Sem perder tempo, voltei a correr por precaução, distanciando-me do reaper.

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Katrina Mountclear
Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/11/2014
Idade : 20
Localização : Quando eu era apenas uma garota, dizia ser uma deusa... e vivia nos céus. Algumas vezes me pergunto porque desci.

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por The Reality em Qua Dez 10, 2014 2:16 pm

PRIMEIRO DE DEZEMBRO DE 2232
FLORESTA, EUA

PARTE III – OS CEIFADORES

O líder da patrulha teve uma ideia. Junto de seu outro homem, o único que sobrara vivo junto de Knox, ele desenvolveu um rápido plano, afinal, se fosse lento logo mais não pensaria em nada. Seu subordinada lançou o gás de fumaça rosa, e dentro dela os dois homens começaram a atirar. O problema era que eles viam tão bem quanto os reapers o viam.

Um dos reapers teve o infortúnio de não conseguir parar à tempo e acabou entrando na névoa dos Mountain Men. Não só começou a perder a consciência como também fora atingido por cinco tiros. Os outros dois, recuaram para trás de árvores, evitando a fumaça e as balas que zuniam disparadas por armas silenciosas ao seu redor.

Balas essas que causariam certos problemas...

Os dois reapers escalaram as árvores em que estavam. Ali em cima eles eram tão invisíveis quanto grounders. Era uma questão de tempo, apenas. A fumaça iria se dissipar, ou em algum momento os homens das montanhas sairiam de dentro dela, e quase isso ocorresse, os reapers estavam prontos para pularem de árvore em árvore e depois na cabeça dos homens, arrancando-as de seu corpo. Se Knox não pensasse rapidamente em algo era apenas uma questão de tempo antes de mais reapers chegarem ou os dois ali acabarem com suas vidas.

Os grounders não pareciam em melhores condições que os homens da montanha. Eles eram rápidos, mas os reapers eram mais. Tory diminuiu sua velocidade, e junto da General Ivy e da arqueira Frida, bolou um plano simples.

Os dois reapers que estavam na direita juntaram-se aos dois que estavam atrás deles. Tory parou e moveu sua lança, mas aqueles reapers não eram tão tolos quanto os reapers de conhecimento dos grounders; quando o guerreiro atacou, o reapers recuou quase na mesma velocidade que corria, pois havia percebido a diminuição dos passos do grounder e deduziu que ele atacaria. Porém, o homem não teve como contra-atacar. O reaper ergueu o machado que estava em sua mão, mas no momento que ia o abaixar uma flecha cravou-se em sua garganta, estraçalhando músculo, veias e artérias enquanto atravessa seu pescoço com um som úmido e agonizante.

A General Ivy atacou também ao som do grito de seu guerreiro. O machado dançando em ritmo enquanto direcionado ao tórax de um dos reapers que vinham ao encontro deles. O homem desviou do primeiro ataque dela tendo seu corpo apenas com um corte na lateral, mas o segundo fora fatal à ele. A arma de metal cravou-se em seu peito e quando fora arrancada abruptamente sangue encharcou todas as vestes maltrapilhas dele, tornando o ar cada vez mais com o cheiro metálico tão distintivo.

Por pouco a General não fora atingida pelo terceiro homem. Uma flecha atravessou a barriga do mesmo, flecha esta lançada por Katrina, a qual estava mais distante do grupo. O quarto reaper parou de correr, de repente, e quando os grounders voltaram o olhar para frente em sua corrida desesperada eles viram que não havia um local para correr mais.

Atrás, à frente, à direita e à esquerda, reapers os fechavam em um circulo: uma armadilha. Os dois que corriam pela esquerda agora um se encontrava à frente, um à esquerda. Os da árvore haviam pulado: um à frente também, e o outra à direita. E o último atrás. Eram cinco reapers, e quatro grounders, mas os homens estranho não pareciam querer atacar, eles apenas os olhavam com sorrisos insanos e olhos carnívoros, como se esperassem algo acontecer. Todos estavam armados, todos estavam remexendo-se em seu lugar, mas nenhum deles se aproximava.

▬ Jy wil 'n geheim om te weet? ▬ Um dos reapers à frente perguntou com sua voz grossa e rouca, os outros riram enquanto seguravam suas armas melhor.

ADENDOS E DIRETRIZES:


  • Haverá uma quarta parte, provavelmente a última.
  • A unidade Norte ainda não existe, já que ela foi criada com o intuito de vigiar os 100 e proteger ainda mais o caminho para a vila do Clã.
  • Não há um prazo de postagem, mas se demorarem demais eu vou postar. Saibam que apesar de ser atemporal e vocês não morrerem ainda podem perder um membro, ou dois, ou ficarem cegos, aleijados e etc, então tentem não ficar sem postar.
  • A pessoa morta foi um NPC, Priotr, o terceiro olheiro, no caso.
  • Narrem somente um ataque, defesa, fuga, o que quiserem.
  • O tempo para o reaper se aproximar de vocês é 10 dividido por 9 menos a sua velocidade (10/(9 -sua velocidade). obs: 1 minuto = 1 metro.
  • Este evento ocorreu há cerca de duas semanas do tempo atual.

    Velocidade:
    Knox: 6
    Ivy: 7.
    Frida: 7
    Katrina: 8
    Tory: 9

    Reapers:
    Força: 12
    Destreza: 8
    Agilidade: 10
    Percepção: 9
    Mira: 8
    Lábia/Indução: 4
    Vitalidade: 12

    Velocidade: 9
    Peso: 110 kg.
    Altura: 1,80.

    Reaper da frente 1: Duas espadas similares à uma cimitarra.
    Reaper da frente 2: Um chicote com ponta de metal e dois chakrans.
    Reaper da direita: Bastão cheio de pregos.
    Reaper da esquerda: Machado.
    Reaper de trás: Lança e facão.

  • Desculpem, não revisei. ç-ç


Merely the sound of your voice made me believe that, that you were her just like the river disturbs my inner peace. Once I believed I could find just a trace of her beloved soul, once I believed she was all then she smothered my beliefs.

the staff
the staff
avatar
The Reality
Mensagens : 146
Data de inscrição : 28/12/2013

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo:
Habita:

Ver perfil do usuário http://the-100.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Katrina Mountclear em Dom Dez 14, 2014 6:33 pm


At night when the stars light up my room...
The Fallen Stars!

Como eu havia imaginado anteriormente, os selvagens reapers estavam nos levando para uma armadilha. Após a perseguição pela floresta, cinco deles atrás, à frente, à direita e à esquerda, formavam um circulo à nossa volta e nos encurralava em uma armadilha como se fossemos animais em tempo de caça. Todos estavam totalmente armados com itens altamente ofensivos e ao que aparentavam, estavam com muita vontade de nos matar. Será esta minha última batalha? Não posso deixar esta vida, não agora.

Tentei acalmar-me, deixando minha respiração fluir naturalmente. Virei meu rosto e mantive meu olho direito fitando o reaper que estava atrás de mim, armado com uma lança e um facão. - Perigoso. Irei deter seus movimentos antes que acabe desferindo aquela lança contra mim. - pensei, analisando o outro reaper à minha esquerda. Também era perigoso, aquele machado poderá causar grandes danos caso acertasse alguém.

Desenhei em minha mente uma linha imaginária entre o reaper atrás de mim e eu, deixando meu corpo perpendicular ao alvo e a linha de tiro. Com o arco em minha mão esquerda, retirei uma flecha de meu alijava enquanto afastava meus pés, de modo que meus dois pés formassem uma linha reta apontando para o alvo. Minha postura estava reta e minha respiração fluía naturalmente e relaxada. Formei um "T" com meu tronco e meus ombros, colocando toda a força deles na puxada da flecha. Quando o tensor do arco aproximou-se de meu queixo, disparei imediatamente uma flecha em direção a perna do reaper que estava atrás de mim, mirando seu joelho direito.

Em um rápido movimento, retirei outra flecha do alijava e a disparei contra a mão do selvagem em que estava sua lança e outra flecha em sua mão que segurava a faca. Virei meu olho direito ao reaper à minha esquerda e usei a mesma estrategia que antes. Disparei uma flecha em seu joelho direito, seguido de uma flecha na mão em que segurava seu machado.

▬ Meisie, 'n einde aan hierdie twee kry ek dit reg. ▬ (Garota, acabe com esses dois que eu acertei.)  disse eu, fitando o rosto da garota loira com o arco em suas mãos.

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Katrina Mountclear
Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/11/2014
Idade : 20
Localização : Quando eu era apenas uma garota, dizia ser uma deusa... e vivia nos céus. Algumas vezes me pergunto porque desci.

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Frida Vaudran em Dom Dez 14, 2014 10:55 pm


A vingança é uma espécie de justiça selvagem
Se quer algo na vida, vá atrás e pegue

Beco sem saída. Frida xingou a si mesma repetidas vezes por deixar ser levada a uma armadilha, o tipo de tática de caça que faria com qualquer animal da floresta, e era isso que a deixava mais furiosa, eles eram a caça. A garota freneticamente procurou por um caminho, qualquer rota que a tirasse dali ou o grupo, no entanto, a emboscada estava completa. Os Reapers posicionaram-se atrás, à frente, à direita e à esquerda, formando um círculo, e no centro deles os Grounders.

Frida bufou sentindo o suor frio percorrer no pescoço. Ela franziu o cenho desgostando da situação. Aquela sim era uma reviravolta em que não esperava ver naquele dia, e teve que apertar os lábios para não xinga-los. Virou o rosto na direção de Tory e Ivy, mas eles apenas encaravam as bestas selvagens, e com certeza não tardariam a atacar, mas até lá, ela esperava por alguma instrução ou uma ordem, pois a garota não fazia ideia de quem atacar primeiro. Um descuido, poderia ser fatal. Firmou as mãos no arco. A raiva de ser um alvo fácil aumentava a cada segundo, e a vontade de estripar cada um dos selvagens a sua frente se tornava mais palpável.

Porém antes que pudesse analisar as possiblidades de um ataque, algo a surpreendeu a ponto de anuir a frustação acumuludada. A outra arqueira loura que se manteve do seu lado fora rápida o suficiente em agir sozinha. Seus movimentos precisos pareciam estar em câmera lenta, e Frida quase adivinhou quem eram seus alvos. As flechas disparadas foram naqueles que seguravam o facão e a lança, e outra no Reapers com o machado. Durante o grunhido dos Reapers e o alerta da loura, Frida despertara para a realidade.

Aquiescendo, o sorriso felino tornou a surgir no rosto dela. Frida sabia que as flechas da sua colega arqueira não os afetariam, mas seria o bastante para atrapalhar suas ações. Num gesto gracioso, pegou uma flecha, envergou o arco na altura dos olhos, mirou, respirou fundo e disparou acreditando que não erraria. A primeira flecha encravaria na jugular daquele que segurava a lança e o facão. Frida girou o corpo para trás, arrastando os pés perpendicularmente sem ter tempo para respirar, e encontrando seu próximo alvo, disparou a segunda flecha, dessa vez naquele que segurava o machado, e sua intenção seria enterrar sua flecha na cabeça do Reaper.

Lançou um olhar rápido à Ivy e Tory temerosa. Ansiava que eles pudessem cuidar dos três restantes, senão, ela preparava-se para voltar a atacar se fosse necessário.

warrior grounder
warrior grounder
avatar
Frida Vaudran
Mensagens : 35
Data de inscrição : 01/12/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Arqueira
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Tory Huntergrey em Seg Dez 15, 2014 12:35 pm

So we'll be fighting together


O reaper que Tory tentou atingir escapou do rapaz, contudo não foi uma investida totalmente perdida, já que a flecha da garota que o cobria chegou bem a tempo. Tory suspirou, ia partir para cima do outro monstro, mas a general avançou primeiro e acabou com o mesmo em poucos segundos.

Mas antes que os guerreiros pudessem pensar que a situação havia melhorado um pouco, os mesmos perceberam que a encrenca só estava aumentando. Os monstros - rápidos como ninguém - já haviam aproveitado o pequeno tempo da batalha para cercar completamente os grounders. Dois à frente, e mais um em cada outra direção. Era o fim da linha, a batalha contra as poderosas e um tanto quanto desconhecidas criaturas agora se tornava inevitável. Com um sorriso no rosto, cada um dos monstros não se esforçava em conter a enorme excitação por aquela luta iminente. "Jy wil 'n geheim om te weet?" perguntou um deles.

— Wys my joune en ek wys my. — respondeu o jovem guerreiro, se queriam tanto lutar, então veriam do que eles Warrior Grounders eram capazes.

Assim que as duas garotas arqueiras puseram-se a movimentar, Tory também fez o mesmo, segurando a lança em uma mão e tirando facão da "bainha" com a outra.

— Moet nie net 'n vegter; is die bos, ons clan, is die aarde self. Hou veg. — gritou o guerreiro, enquanto corria em direção aos reapers da frente.

Girando o facão no ar, Tory o segurou firme pelo lado da lâmina, e o lançou girando velozmente contra o peito do primeiro dos reapers, o qual segurava um chicote. Em seguida voltou a apoiar a lança com as duas mãos e avançou contra o que carregava duas espadas. Com o corpo de lado, o guerreiro deu um pulo em direção ao monstro, tentando estocá-lo com a ponta da lança. Caso ele desviasse para trás, Tory saltaria novamente tentando estocá-lo até ele não ter mais para onde recuar, mas caso ele desviasse para o lado, Tory pousaria bem do seu lado e executaria seu tão treinado movimento, girando duas vezes todo seu corpo e provocando dois movimentos em diagonal com a lança, os quais no fim formavam um "X" no lado que o guerreiro mirasse.
warrior grounder
warrior grounder
avatar
Tory Huntergrey
Mensagens : 40
Data de inscrição : 28/11/2014

Your File
Inventário:
Emprego/Cargo: Líder da Unidade Norte
Habita: Unidade Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Fallen Stars – RP Oficial (Grounders e Mountain Patrol)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum