KANDICIA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

KANDICIA

Mensagem por Kandicia em Qua Dez 10, 2014 9:25 am


KKANDICIAKANDICIA

NOME /////////////KANDICIA

IDADE /////////////21 ANOS

EMPREGO /////////////ASSASSINA DE ALUGUEL

ESTADO CIVIL /////////////NENHUM

GRUPO /////////////REAPER

LUGAR /////////////
MINAS
FACE /////////////
BROOKE CANDY
ATRIBUTOS /////////////
FORÇA: 15
DESTREZA: 12
AGILIDADE: 8
PERCEPÇÃO: 00
MIRA: 3
LÁBIA/INDUÇÃO: 00
VITALIDADE: 10


Unhas postiças longas e multicoloridas; Kandicia as têm com o único objetivo de, pelo menos ao próprio ver, parecer mais atraente com longas unhas artificiais.

Mechas de mega-hair rosas e azuis; acreditando, desta maneira, que torne-se mais sedutora no porte de cabelos longos e de cores excêntricas e exuberantes, visto que humanos não tem o seu mesmo senso de beleza, e deste modo, é mais bonita que qualquer outro.

Transparência; a Reaper adora encontrar suas curvas através de roupas chamativas e exóticas, assim, procura sempre delinear os seios e o bumbum com tecidos transparentes em exagero, de modo que liberte seus feromônios mais facilmente.

Chapter I.



Um experimento laboratorial que obteve êxito. Uma terra-firme albina que fora capturada, e, em seu ácido desoxirribonucleico, injetadas drogas e demais toxinas que a fizeram uma verdadeira psicopata paranoica. Via o anseio em morte e desespero de qualquer criatura em todos os lugares que fosse; seu almejo pela dor em terceiros era gigantesca e macabra.

Sem identidade. Sem nome. Sem memória. Sem escrúpulos. Sem piedade.

A análise em laboratório foi um sucesso quando experimentada em Kandicia, nome pelo qual passou a ser chamada pelos eruditos. Suas características físicas eram completamente femininas, entretanto, no interior de sua genitália, declarava-se uma hermafrodita nata, característica esta que influiu ainda mais os aspectos intrínsecos de curiosidade a partir dos pesquisadores.

Um desejo de mais conhecimento despertava-se dentro de cada um dos pesquisadores. Em um ato de crueldade mórbida, dispuseram-na, frágil e vulnerável num ambiente abarrotado de selvagens de mesma origem que a sua. Kandicia não recebia afeto a partir do restante do grupo em que fora incluída. Era rejeitada.

Nem homem, nem mulher. Fora liberta aos outros Reapers para provar seu comportamento hostil, não tendo um gênero pré-definido. Nenhum irracional sentia-se atraído por Kandicia, mesmo que seu senso carnal primata os fizesse verdadeiros selvagens. Erroneamente constrangida, a recente monstruosidade, agora livre, evadiu dos confins impostos nos limites da selva Reaper, tornando-se uma sobrevivente a partir de si mesma.

O desespero a domou. Sua personalidade ainda fria, calculista e odiosa recheava-se de rancor a cada passo de arbítrio. A hermafrodita desenvolvera ainda mais anseio por sangue e discórdia. Nenhum ser que fosse percebido diante de seus olhos sobreviveria, essa era sua promessa por ter sido rejeitada. Se não pudesse receber afeto, ninguém mais poderia.



NAME. AGE. CONTACT INFO.
THEONS @ SHINE
the noobs
the noobs

Kandicia
Mensagens : 2
Data de inscrição : 10/12/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum